Os benefícios do tratamento endovascular

tratamento endovascular é um dos métodos mais modernos em se tratando de cirurgia vascular. Ele consiste em realizar reparos minimamente invasivos no sistema vascular. Geralmente, o acesso é feito por meio de pequenas incisões e punções utilizando introdutores e cateteres.  

O tratamento abrange desde pequenos vasos até os mais calibrosos, como a artéria aorta. O método utiliza frequentemente dispositivos tecnológicos capazes de tratar a parede do vaso lesionado (conhecidos como endopróteses). Dentre as doenças que podem ser tratadas estão os aneurismas, hipertensão portal e doença vascular periférica. 

Quais os benefícios? O médico angiologista e cirurgião vascular, da SBACV Ce, Vicente Freire, explica. “O paciente terá menor dor, um tempo de cirurgia mais reduzido, baixo sangramento, pequenas cicatrizes, menor tempo de hospitalização, rápida recuperação e baixa incidência de complicações pós-operatórias”, declara. 

Para efeito comparativo, o tratamento endovascular é mais eficaz, por exemplo, que o tratamento convencional (com repouso no leito, medicamentos anticoagulantes e meias elásticas) na trombose venosa proximal de veias ilíacas.

Segundo especialistas, 70% dos pacientes tratados pelos métodos convencionais nesse tipo de trombose terão algum tipo de problema no futuro. Mas por qual motivo? Pelo fato de o tratamento convencional são se preocupar em desobstruir as veias e permitir com que o sangue circule de maneira fluida por elas. 

“O paciente levará sua vida com algum tipo de incapacidade, mesmo utilizando medicações anticoagulantes ou meias elásticas”, informa o médico angiologista e cirurgião vascular, da SBACV Ce, Vicente Freire.

No caso do tratamento endovascular para a trombose venosa proximal, utiliza-secateteres que injetam uma medicação específica que dissolve os coágulos além de quebra-los. Nesse sentido, as veias são recuperadas e o sangue volta a circular normalmente.

Em casos de tromboses mais antigas, onde os coágulos se tornaram cicatrizes de fibrose no interior das veias, pode-se abri-las por meio de cateteres-balões (também conhecidas como angioplastias). 

Quer saber de mais assuntos relacionados à circulação? Acesse nosso blog e leia diversos conteúdos